CRM 112.144 - RQE 29.115
Voltar
Mamoplastia de aumento – Colocação de Próteses Mamárias

Mamoplastia de aumento – Colocação de Próteses Mamárias

Escolher o especialista que usa técnicas inovadoras faz toda a diferença!

Prática de Cirurgia Plástica que modela as mamas é conhecida como Mamoplastia

O colo do seios é uma região de grande visibilidade e atrai olhares estando à mostra ou não. Também representa a feminilidade e o empoderamento da mulher sobre sua sexualidade. A mamoplastia de aumento, conhecida como cirurgia plástica de aumento dos seios com próteses de silicone, é uma das mais procuradas pelas mulheres para devolver os contornos joviais e modelar os seios de acordo com perfil desejado (baixo, moderado, alto ou super alto).

Inclusive, a mamoplastia de aumento pode ser combinada com a mastopexia (procedimento que reposiciona a aréola e o tecido mamário, que retira o excesso de pele) para deixar os seios harmoniosos e com aspecto natural.

Para que você possa entender melhor, preparamos uma seleção exclusiva de dicas com detalhes para acertar na sua escolha de mamoplastia de aumento.

Finalidade da mamoplastia de aumento:

A mamoplastia de aumento com ou sem a mastopexia pode ser realizada para fins estéticos, reparadores (pós-bariátrica, pós-amamentação, emagrecimento, envelhecimento, etc.) e, também, para continuidade de tratamento de câncer (reconstrução mamária).

Quem pode fazer a mamoplastia de aumento:

A mamoplastia de aumento com próteses de silicone pode ser realizada em pacientes que já tiveram o desenvolvimento mamário completo, com idade mínima entre 17 e 18 anos. Posterior a esta faixa etária, todas as mulheres que desejam ter seios belos e harmoniosos podem fazer o procedimento. Inclusive, pacientes que precisam de reconstrução de mamas após tratamento de câncer mamário. Para qualquer necessidade, é necessário a avaliação médica e orientações sobre modelos, perfis e marcas das próteses de silicone.

Conheça o perfil de quem procura mamoplastia com próteses de silicone:

A mamoplastia de aumento é procurada por mulheres que buscam elevar a autoestima, a saúde emocional, melhorar a assimetria corporal e conquistar a jovialidade do colo independente do seu tamanho real (pequeno, médio ou grande).

Entre algumas características estão mulheres que apresentam pouco volume mamário de nascença, flacidez e ou diminuição de tamanho após a amamentação, emagrecimento e perda de gordura local, dissimetria entre o lado esquerdo e direito (quando possuem tamanhos diferentes), pós tratamento bariátrico e, também, para continuidade de tratamento de câncer de mamas.

Saiba quando a mamoplastia de aumento deve ser combinada com a mastopexia:

A mastopexia é um procedimento conjunto à mamoplastia de aumento para reposicionar a aréola e retirar o excesso de pele dos seios, reposicionando o tecido mamário, com resultado natural. É indicada para a pacientes que apresentam queda dos seios (ptose mamária), precisam de reposicionamento da aréola e retirada de excesso de pele para adequar melhor as próteses de silicone. O cirurgião plástico consegue elevar os seios e deixá-los com naturalidade por mais tempo.

Conheça os diferentes tipos de próteses de silicone para mamoplastia de aumento:

Arredondada de perfil baixo:

As próteses de silicone de mama arredondadas de perfil baixo possuem maior extensão e são mais achatadas, ideal para mulheres que não desejam ressaltar o colo.

Arredondada de perfil alto:

As próteses de silicone de mama arredondada de perfil alto possuem a base menor e são mais altas, com projeção das mamas para preencher e valorizar o colo dos seios.

Cônica:

As próteses de silicone de mama na forma cônica possuem base redonda e marcante, projetando os seios para frente com menor volume na parte superior das mamas, promovendo aspecto natural aos seios, sem acentuar muito o colo.

Gota ou Anatômico:

As próteses de silicone de mama anatômicas ou forma de gota possuem a base mais larga com suave estreitamento no volume superior, assemelhando-se ao formato natural do seio.

– Também, existem diferentes diâmetros de base, projeções anteroposteriores e materiais que formam o invólucro que cobre o gel de silicone. A orientação do cirurgião plástico, sob o seu olhar profissional coerente com relação ao biótipo, diâmetro de tórax e volume de tecido mamário da paciente versus expectativa de resultado, poderá ser um fator predominante na hora da escolha para garantir satisfação na cirurgia de aumento dos seios.

Técnica Composta ou Híbrida – lipoenxertia de gordura:

Além das próteses de silicone, a paciente pode recorrer a lipoenxertia de gordura em regiões da mama para aumento de volume adicional e camuflar as bordas do implante. Como resultado, o aspecto fica mais natural, especialmente em pacientes mais magras (redução do rippling). Também, pode preencher a área do decote e do espaço entre as mamas, reduzindo a separação entre elas. A gordura é colocada no plano subcutâneo (própria camada de gordura da mama) no interior do músculo peitoral ou no plano da fáscia muscular e não afeta os resultados de exames de imagem das mamas.

Conheça os diferentes modelos de perfis de próteses de silicone para mamoplastia de aumento:

Perfil baixo e ou moderado:

O perfil baixo ou moderado possui menor projeção e maior diâmetro, com a base mais larga e a altura mais baixa. É indicado para quem possui tórax mais largo e não deseja ter seios em evidência, uma vez que este modelo não os coloca projetados para a frente como em outros modelos.

Perfil alto:

O perfil alto deixa o colo da mulher mais desenhado e chamativo (sexy), um dos modelos mais escolhidos entre elas e é indicado para quem deseja projetar mais os seios e ou já possui mamas com volume considerável e tórax proporcional.

Perfil super alto:

Perfil super alto possui menor base e maior projeção, sendo mais pontudo que os demais modelos, pois reúne parte do seu volume no centro da prótese e os seios ficam projetados para a frente, sobressaindo o mamilo. É indicado para quem tem os seios pequenos e tórax estreito.

Conheça como é feita a cirurgia de mamoplastia de aumento:

A cirurgia de aumento de mamas deve ser realizada em centro cirúrgico adequado para o procedimento (nunca em clínicas) e a paciente pode ser submetida a anestesia geral ou anestesia local associada com sedação.

O implante pode ser colocado por incisão transaxilar (axilas), incisão intramamária (abaixo do seios) e incisão areolar (pelas aréolas). A via de acesso é escolhida segundo as características de cada paciente e, também, podem ser colocados em posição subglandular (à frente do músculo peitoral maior) ou submuscular (atrás do músculo peitoral maior).

A escolha pela melhor técnica será definida em conjunto entre o cirurgião plástico e a paciente para atender as reais e possibilidades e expectativa de resultados.

Pré-operatório:

Além da avaliação presencial, o cirurgião plástico solicita alguns exames laboratoriais para certificar-se das condições gerais de saúde da paciente, indica a suspenção de fumo (cigarros e derivados) e, também, poderá pedir nova mamografia (antes e após o procedimento) para certificar-se sobre futuras mudanças no tecido mamário. No caso de medicações de uso contínuo, poderá ajustá-las e, ainda, recomendar a suspenção de aspirinas, anti-inflamatórios e medicamentos naturais que são propícios ao aumento de sangramento.

Pós-operatório:

O pós-operatório não requer grandes sacrifícios e pode ser diferente entre cada paciente, levando em conta a resistência e regeneração de cada uma. Em geral, a paciente sentirá desconforto, inchaço e precisará de repouso por alguns dias. O cirurgião plástico indicará a melhor conduta a seguir, assim como os cuidados paliativos para garantir assepsia e melhores resultados.

Contra indicações para mamoplastia de aumento:

É importante dizer que toda cirurgia pode ter contra-indicações, levando-se em conta muitos fatores sobre a saúde, rotina e expectativa das pacientes.

Na mamoplastia de aumento com próteses de silicone o médico vai avaliar o histórico da paciente como, por exemplo, a recorrência de infecções agudas, presença de doenças autoimunes, má cicatrização de feridas, possibilidade de desenvolvimento de queloides (cicatriz elevada), distúrbios de coagulação do sangue, assim como pouco fornecimento de sangue para o tecido mamário.

Possíveis complicações da mamoplastia de aumento:

Toda cirurgia pode apresentar complicações após a sua realização e não é diferente na mamoplastia de aumento das mamas com próteses de silicone. Para evitá-las, é muito importante seguir as recomendações (à risca) do cirurgião plástico e garantir um resultado satisfatório.

Entre algumas complicações comuns podem surgir hematomas ou seromas, que são caracterizados pelo acúmulo de sangue ou fluidos sob a pele dos quais precisarão ser removidos. Ainda, podem ocorrer alterações de sensibilidade, cicatrização inestéticas, infecções, sangramentos, contratura capsular (fibrose), resultados insatisfatórios que podem ser reparados posteriormente e, raramente comum, a ruptura do implantes (traumas e causas adversas incomuns).

Agora que você sabe tudo sobre mamoplastia de aumento com próteses de silicone pode agendar uma consulta e esclarecer outras dúvidas. Também, pode conhecer pessoalmente os modelos e tamanhos de próteses que vão ressaltar a sua beleza, elevar a sua autoestima e valorizar o seu colo dos seios.

ATENDIMENTOS:

A Clínica Walter Matsumoto possui unidades na Zona Norte e Sul de São Paulo para atender presencialmente e por teleconsultas todas as regiões e municípios da grande São Paulo. Oferece total infraestrutura para atendimento e acompanhamento de pré e pós-operatório, curativos e pequenas cirurgias. Também, conta com estacionamento e horários de agenda espaçados para garantir segurança e distanciamento de contato entre os pacientes durante a quarentena / pandemia do Covid-19.

CONSULTÓRIOS:

Unidade Zona Norte em São Paulo:

Rua Conselheiro Saraiva, 207, cj. 606 – Santana, CEP: 02037-020 – Zona Norte, SP.
Contatos: 11-2959-3336 / 11-97496-2085 (WhatsApp comercial).
Com acesso controlado, possui estacionamento pertencente ao prédio comercial.

Unidade Zona Sul em São Paulo:

Rua Pequetita, 111, cj. 514 – Vila Olímpia, CEP: 04552-060 – Zona Sul, SP.
Contatos: 11-3791-7701 / 11-3791-7702 / 11-95395-333 (WhatsApp comercial).
Com acesso controlado, possui estacionamento pertencente ao prédio comercial.

Inscreva-se para ficar por dentro das novidades

Contato e Localização

Rua Conselheiro Saraiva, 207, Conj. 606
Santana São Paulo SP 02037-020
Google Maps
Waze
Rua Pequetita, 111, Conj 514
Vila Olímpia São Paulo SP 04552-060
Google Maps
Waze