CRM 112.144 - RQE 29.115
Voltar
Mamoplastia Redutora

Mamoplastia Redutora

A Mamoplastia Redutora é a cirurgia plástica de redução dos seios para devolver qualidade de vida às pacientes

Mulheres com seios muito grandes podem desenvolver problemas de saúde físico-emocional

 

Correr, praticar atividades físicas e até mesmo dormir de bruços pode ser um problema para mulheres quem possuem os seios com tamanho desproporcional ao seu tórax. Além disso, o excesso de tecido mamário e gordura local podem desencadear dores nas costas, ombros e pescoço. Também, causar lesões provocadas pelas alças do sutiã (devido a sustentação do peso), vermelhidão e irritação na pele do sulco mamário.

A mamoplastia redutora, também, conhecida como cirurgia plástica de redução dos seios, é indicada para corrigir o problema, melhorar a forma e a assimetria de acordo com o perfil, biotipo e desejo da mulher que busca solucionar este incomodo definitivamente. É uma cirurgia para deixar os seios com aspecto natural e harmonioso.

Para que você possa entender melhor, preparamos uma seleção exclusiva de dicas com detalhes para acertar na sua escolha de mamoplastia de redução de seios.

FINALIDADE DA MAMOPLASTIA REDUTORA:

A mamoplastia redutora ou cirurgia plástica de redução dos seios é um procedimento indicado para mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho, volume, peso ou flacidez dos seios. Além de reduzir o excesso de peso e volume, a cirurgia de redução mamária contribui para o reposicionamento dos seios, levantando-os e devolvendo a liberdade de movimentos, contornos naturais e, sobretudo, a auto-estima da mulher, além de feminilidade e empoderamento sobre sua sexualidade.

QUEM PODE FAZER A MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO:

A cirurgia plástica redutora dos seios ou mamoplastia redutora geralmente é realizada por mulheres com desenvolvimento completo dos seios, ou seja, com mais de 18 anos, que estejam saudáveis e sem comorbidades associadas. Excepcionalmente, pode ser realizada em pacientes menores de idade quando o excesso de peso das mamas prejudica a qualidade de vida. É necessária a avaliação médica do cirurgião plástico especialista para averiguação de problemas relacionados ao sobrepeso mamário, problemas de coluna e outros de cunho emocional que interfiram na qualidade de vida da paciente.

CONHEÇA O PERFIL DE QUEM PROCURA MAMOPLASTIA REDUTORA:

A cirurgia de redução dos seios ou mamoplastia redutora é muito procurada por mulheres com seios fartos ou acima do considerado proporcional ao seu biotipo. Algumas apresentam histórico de problemas na coluna, dores nas costas, ombro e pescoço, lesões recorrentes provocadas pelas alças do sutiã, assimetria dos seios (um maior que o outro), quedas dos seios (ptose mamária), além da busca por jovialidade dos seios, harmonização e elevação da auto-estima em qualquer idade. 

AMAMENTAÇÃO X REDUÇÃO DE SEIOS:

Se você ainda não tem filhos e deseja realizar a mamoplastia redutora, converse com o cirurgião plástico para orientações. Existem diversas técnicas de mamoplastia e algumas podem interferir mais na amamentação do que outras. Se você deseja amamentar no futuro, peça para o cirurgião levar isso em consideração ao escolher o tipo de mamoplastia a ser realizada.

CONHEÇA COMO É FEITA A CIRURGIA DE MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO:

A cirurgia de redução de mamas deve ser realizada em centro cirúrgico adequado para o procedimento e geralmente é feita sob anestesia geral.

O cirurgião plástico especialista em mamas pode oferecer diversas técnicas para a realização da cirurgia de redução ou cirurgia plástica redutora dos seios. Para todas, o médico removerá o excesso de pele, glândulas mamárias e gordura local, reposicionando a aréola, devolvendo harmonia aos seios, especialmente, para àqueles com aparência de caídos (ptose mamária), deixando-os simétricos, joviais e com aspecto natural.

CICATRIZES:

Todas as cirurgias deixam cicatrizes, algumas mais evidentes e outras menos. A posição, forma e tamanho podem variar de acordo com a técnica utilizada pelo cirurgião plástico na cirurgia de redução de mamas. Como ocorre remoção de volume e excesso de pele, assim como tecido mamário e gordura local, os resultados são individuais para cada paciente. As técnicas mais usadas para a mamoplastia redutora, atualmente, seguem os modelos que lembram as letras “L” e “T” invertido. Também pode ser feita ao redor dos mamilos (aréola), mas pouco indicada para quem tem muito volume mamário.

PRÉ-OPERATÓRIO:

Além da avaliação presencial, o cirurgião plástico solicita alguns exames laboratoriais para certificar-se das condições gerais de saúde da paciente, indica a suspensão de fumo (cigarros e derivados) e também poderá pedir novos exames de imagem das mamas (mamografia, ultra-som ou ressonância magnética). Os exames de imagem são solicitados para saber se há cistos ou nódulos que devem ser submetidos à biópsia antes da cirurgia. No caso de medicações de uso contínuo, poderá ajustá-las e, ainda, recomendar a suspensão medicações que aumentem o sangramento durante a cirurgia.

PÓS-OPERATÓRIO:

O pós-operatório não requer grandes sacrifícios e pode ser diferente para cada paciente, levando em conta a resistência e regeneração de cada uma. Em geral, a paciente sentirá desconforto, inchaço e precisará de repouso por alguns dias. O cirurgião plástico indicará a melhor conduta a seguir, assim como os cuidados de higiene.

O uso de sutiã cirúrgico no pós-operatório é benéfico. Ele ajuda a sustentar a mama, aliviando desconfortos. O cirurgião também irá orientar a paciente sobre cuidados ao se deitar, tempo sem dirigir e momento adequado para retornar às atividades físicas.

CONTRA INDICAÇÕES PARA MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO:

É importante dizer que toda cirurgia pode ter contra-indicações, levando-se em conta muitos fatores sobre a saúde, rotina e expectativa das pacientes. Na mamoplastia redutora, o médico vai avaliar o histórico da paciente como, por exemplo, a presença de doenças crônicas, presença de doenças autoimunes, má cicatrização de feridas, possibilidade de desenvolvimento de queloides (cicatriz elevada) e distúrbios de coagulação do sangue.

Com o avanço dos protocolos de tratamento de doenças crônicas, como Hipertensão e Diabetes, e das técnicas de Anestesia, mesmo pacientes portadoras dessas doenças podem fazer essa cirurgia, desde que adequadamente controladas.

POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES DA MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO:

Toda cirurgia pode apresentar complicações após a sua realização e não é diferente na mamoplastia de redução das mamas. Para evitá-las, é muito importante seguir as recomendações (à risca) do cirurgião plástico e garantir um resultado satisfatório. Entre algumas complicações comuns podem surgir hematomas ou seromas, que são caracterizados pelo acúmulo de sangue ou fluidos sob a pele dos quais precisarão ser removidos. Ainda, podem ocorrer alterações de sensibilidade, cicatrização inestéticas, infecções, sangramentos e resultados insatisfatórios, que podem ser reparados posteriormente.

BENEFÍCIOS:

A mamoplastia redutora ou cirurgia plástica de redução dos seios favorece a estética e a saúde da mulher. Permite melhor qualidade de vida, prática de esportes, diminuição de sintomas e dores associadas ao volume e peso dos seios, assim como eleva a auto-estima, devolve a jovialidade dos seios e os deixa com aspecto natural.  O resultado poderá se manter por longo período, decorrente de cuidados e fases da vida, como gestação, amamentação, ganho e perda de peso, assim como envelhecimento.

 

Agora que você sabe tudo sobre mamoplastia redutora, pode agendar uma consulta e esclarecer outras dúvidas. Também, pode conhecer pessoalmente os modelos e tamanhos de próteses que vão ressaltar a sua beleza, elevar a sua autoestima e valorizar o seu colo dos seios.

ATENDIMENTOS:

A Clínica Walter Matsumoto possui unidades na Zona Norte e Sul de São Paulo para atender presencialmente e por teleconsultas todas as regiões e municípios da grande São Paulo. Oferece total infraestrutura para atendimento e acompanhamento de pré e pós-operatório, curativos e pequenas cirurgias. Também, conta com estacionamento e horários de agenda espaçados para garantir segurança e distanciamento de contato entre os pacientes durante a quarentena / pandemia do Covid-19.

CONSULTÓRIOS:

Unidade Zona Norte em São Paulo:
Rua Conselheiro Saraiva, 207, cj. 606 – Santana, CEP: 02037-020 – Zona Norte, SP.
Contatos: 11-2959-3336 / 11-97496-2085 (WhatsApp comercial).
Com acesso controlado, possui estacionamento pertencente ao prédio comercial.

Unidade Zona Sul em São Paulo:
Rua Pequetita, 111, cj. 514 – Vila Olímpia, CEP: 04552-060 – Zona Sul, SP.
Contatos: 11-3791-7701 / 11-3791-7702 / 11-95395-333 (WhatsApp comercial).
Com acesso controlado, possui estacionamento pertencente ao prédio comercial.

 

 

Inscreva-se para ficar por dentro das novidades

Contato e Localização

Rua Conselheiro Saraiva, 207, Conj. 606
Santana São Paulo SP 02037-020
Google Maps
Waze
Rua Pequetita, 111, Conj 514
Vila Olímpia São Paulo SP 04552-060
Google Maps
Waze